Você está aquiCEJ

CEJ


 
CENTRO DE ESTUDOS JUDAICOS (CEJ) 
 
Imagem
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A criação do Centro de Estudos Judaicos data de 1969, quando foi instituído pelo executivo da Federação Israelita do Estado de São Paulo e por uma comissão composta por professores da USP, como centro complementar do Departamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, com o propósito de divulgar o legado da cultura e da ética judaica no meio acadêmico e na sociedade.
 

 


 

DEPARTAMENTO DE LETRAS ORIENTAIS (DLO) 

Imagem

 

 

A origem atual do Departamento de Letras Orientais remonta aos anos 40 quando foram criados alguns cursos livres como os de Russo, Hebraico e Árabe. Duas décadas mais tarde, é criada a Seção de Estudos Orientais, ligada inicialmente ao Departamento de História, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, pelo Decreto Governamental nº 40.784 de 18/9/1962. Foi dado início, então, aos cursos de Bacharelado das Áreas de Árabe, Armênio, Hebraico, Japonês e Russo. Em 1968 agregaram-se a esta Seção as áreas de Chinês e de Sânscrito.

A partir da reforma universitária de 1970, a antiga Seção de Estudos Orientais passou para o âmbito do Curso de Letras, com a criação do Departamento de Lingüística e Línguas Orientais, do qual ainda faziam parte áreas de Teoria Literária e Literatura Comparada, Tupi e Toponímia. Com a criação do Departamento de Lingüística, em 1986, este Departamento passou a se denominar Departamento de Línguas Orientais. Nos anos imediatamente subseqüentes, foram realocadas para outros Departamentos as áreas de Tupi e Toponímia, de Sânscrito e de Teoria Literária e Literatura Comparada, permanecendo neste Departamento somente os bacharelados de Árabe, Armênio, Chinês, Hebraico, Japonês e Russo.

Em 1989, foi criado o Programa de Pós-Graduação em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica (Mestrado reconhecido pela CAPES em 1989 e Doutorado em 1996), seguido da criação, em 1993, dos Programas de Literatura e Cultura Russa (Mestrado e Doutorado reconhecido pela CAPES) e de Língua, Literatura e Cultura Árabe (Mestrado reconhecido pela CAPES) e, em 1995, o de Língua, Literatura e Cultura Japonesa (mestrado reconhecido pela CAPES em 1996).

http://www.letrasorientais.fflch.usp.br/

 


 

FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS (FFLCH)

Imagem

 

 

 

 

 

Originalmente Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), a FFLCH foi fundada em 25/01/1934. Organismo de articulação e reflexão, a Faculdade assumiu estrategicamente o significado de lugar onde o conhecimento pode ser elaborado dentro de uma perspectiva de unificação dos interesses sociais. Após vinte e cinco anos de existência, observa-se em sua história uma primeira transformação, pois com a "Reforma Universitária" de 1960/70, os antigos cursos de Física, Química, Matemática e Estatística, Biociências, Geociências, Psicologia e Educação separaram-se da FFCL para se constituírem em Institutos e/ou Faculdades autônomas.

A FFLCH teve sua primeira sede instalada nas dependências da Faculdade de Medicina e da Escola Politécnica onde oitenta e três alunos se distribuíam nos cursos de Química,  Ciências (Biologia, Botânica, Mineralogia, Paleontologia e Zoologia), Geografia e História, Ciências Sociais, Letras, Matemática e Física. De 1937 a 1947 a Faculdade ocupou endereços importantes da cidade de São Paulo. A Rua da Consolação, a Praça da República, a Avenida Tiradentes e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio foram locais que abrigaram algumas das suas seções.

A FFLCH configura-se como o principal centro de estudos em Humanidades Básicas no Brasil. Instituída para atender a dupla vocação de ensino e pesquisa de forma integrada, a Faculdade também se faz presente no cenário acadêmico através das suas atividades de extensão universitária, ou seja, na condução de projetos integrados com a comunidade externa da USP.

Se a qualidade de suas pesquisas é reconhecida nacional e internacionalmente, do ponto de vista quantitativo, a Faculdade surpreende em suas dimensões. São 5 cursos, 381 disciplinas de graduação que a cada ano atendem 10 mil alunos; 2,5 mil alunos de pós-graduação e 7,8 mil em outras atividades, aproximadamente, configurando-se como a maior unidade da Universidade de São Paulo.
 

http://fflch.usp.br/

 


 

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

Imagem

 

 

 

 

 

 

A Universidade de São Paulo (USP), fundada em 1934, é uma universidade pública e gratuita, mantida pelo   Estado de São Paulo e ligada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

No ranking do Institute of Higher Education Shanghai Jiao Tong University de 2010, que classifica as 500 melhores universidades do mundo, a USP ficou na 143ª posição. No índice do jornal inglês The Times, a USP obteve em 2010 o 232º lugar. O 2010 Performance Ranking of Scientific Papers for World Universities, do Higher Education Evaluation & Accreditation Council of Taiwan, que também classifica as 500 melhores instituições de ensino e pesquisa do mundo, atribuiu à USP a 74ª posição. A instituição é a primeira colocada, nesse ranking, entre as universidades latino-americanas. Em outra classificação considerada importante pela comunidade científica mundial, o Webometrics Ranking of World Universities, a Universidade é a 43ª colocada.

Possui 58.500 alunos, 6.000 docentes e 251 cursos de graduação (203 Bacharelados e 42 Licenciaturas), distribuídos em 40 unidades e dedicados a todas as áreas do conhecimento.

Exame.com publicou, em 23/02/2012, uma reportagem afirmando que a Universidade de São Paulo (USP) é a universidade que mais forma doutores mundialmente, conforme constatado pelo Ranking Acadêmico de Universidades do Mundo (ARWU, na sigla em inglês), elaborado pelo Centro de Universidades de Classe Mundial (CWCU) e pelo Instituto de Educação Superior da Universidade Jiao Tong, em Xangai, na China, que aponta a universidade paulista como a primeira colocada em número de doutorados defendidos entre 682 instituições globais.

O ranking também indica a USP como a terceira colocada em verba anual para pesquisa, entre 637 universidades, além de a quinta em número de artigos científicos publicados, entre 1.181 instituições em todo o mundo, e a 21ª em porcentagem de professores com doutorado em um universo de 286 universidades.

www.usp.br

 

Imagem

d s t q q s s
 
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
 
 
 
 
 
 
Add to calendar

Imagem

Centro de Estudos Judaicos

FFLCH - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo

Av. Prof. Luciano Gualberto, 403

Prédio de Letras

Sala 105

CEP 05508-970

São Paulo - SP - Brasil

Telefone:

+55 11 3813-6528

Fax:

+55 11 3813-6528

E-mail:

cejudaic@usp.br